Entrevistas

Consórcio Europeu de Hemofilia em parceria com a EAHAD em prol das pessoas com hemofilia
Miguel Crato, Associação Portuguesa de Hemofilia
09 Fev. 2019

O Dr. Miguel Crato marcou presença no congresso da EAHAD na qualidade de representante do Consórcio Europeu de Hemofilia, que trabalha em estreita parceira com esta associação europeia para estabelecimento de recomendações dirigidas à melhoria do tratamento e cuidados assistenciais às pessoas com hemofilia. Assista ao vídeo.

EAHAD 2019 apresenta opções consolidadas à terapêutica substitutiva
Dr. Bruno Freitas, Hospital Dr. Nélio Mendonça, Funchal
09 Fev. 2019

Presença assídua no congresso da EAHAD, o Dr. Bruno Freitas faz a sua apreciação desta reunião, considerando o evento como “fundamental” para a atualização de conhecimentos. Na reta final, considera-se “satisfeito e feliz” com as novidades apresentadas, tanto ao nível de agentes terapêuticos inovadores e novos dados sobre a terapia génica, como por se estar perante “uma mudança de paradigma no tratamento”. Assista ao vídeo.

Updates da EAHAD com novos resultados nas terapêuticas dirigidas a doentes com inibidores
Dr.ª Madalena Calheiros, Hospital de Braga
09 Fev. 2019

A especialista do Serviço de Imuno-Hemoterapia do Hospital de Braga, Dr.ª Madalena Calheiros faz o seu comentário às evidências apresentadas na 12.ª edição do congresso anual da EAHAD, destacando a vantagem de opções dirigidas a doentes nos quais não é possível erradicar os inibidores enquanto se aguarda, com expectativa, a concretização da terapia génica. Assista ao vídeo.

Défice de fator VII por transplantação hepática, dois casos clínicos raros
Dr.ª Beatriz Ferro, Hospital Curry Cabral
09 Fev. 2019

“Factor VII deficiency acquired through liver transplantation: Two clinical cases” é o trabalho trazido, ao congresso da EAHAD, pela Dr.ª Beatriz Ferro, interna do 3.º ano do Serviço de Imuno-Hemoterapia do Hospital Curry Cabral – CHLC. Conheça os detalhes e conclusões do trabalho, assistindo ao vídeo.

Cirurgias em pessoas com hemofilia A sem inibidores a receber emicizumab em profilaxia
Prof.ª Doutora Elena Santagostino, do Hospital e Universidade IRCCS Maggiore, Milão
08 Fev. 2019

Entre os diversos temas debatidos na sessão “Hot topics” do 12.º Congresso da European Association for Haemophilia and Allied Disorders (EAHAD) incluiu-se a análise dos dados relativos aos procedimentos cirúrgicos realizados em doentes com hemofilia A sem inibidores que recebiam emicizumab em profilaxia durante o ensaio HAVEN 3. Não houve registo de nenhum evento adverso severo, nem de nenhuma morte no total de 27 doentes que se submeteram a intervenção cirúrgica. O tema foi apresentado pela Prof.ª Doutora Elena Santagostino, do Hospital e Universidade IRCCS Maggiore, Milão.

 

Perfil de segurança da utilização concomitante do rFVIIa e emicizumab na hemofilia A
Dr.ª Stephanie Seremetis, Chief Medical Officer da Novo Nordisk Inc
08 Fev. 2019

No último dia do 12.º Congresso da European Association for Haemophilia and Allied Disorders (EAHAD), a Dr.ª Stephanie Seremetis apresentou os resultados de um estudo sobre o perfil de segurança do uso concomitante de rFVIIa e emicizumab em doentes do programa clínico HAVEN. Assista ao vídeo da entrevista ao My Hematologia.

 

Objetivo clínico: evitar hemorragias em doentes com hemofilia A
Prof. Doutor Johnny Mahlangu, Universidade de Witwatersrand e NHLS, em Joanesburgo, África do Sul
08 Fev. 2019

Estudos evidenciam que a profilaxia é benéfica em comparação com o tratamento episódico, mas um estudo não intervencional demonstrou que a melhoria da qualidade de vida só é sentida pelos adolescentes e não em adultos com inibidores tratados profilaticamente. Para explicar essa observação e elucidar sobre quais as melhores opções terapêuticas para mitigar hemorragias, o Prof. Doutor Johnny Mahlangu, da Universidade de Witwatersrand e NHLS, em Joanesburgo, África do Sul, concedeu uma entrevista ao My Hematologia, no final da sua palestra integrada no simpósio da Roche. Assista ao vídeo da entrevista.

 

O potencial da terapia génica no tratamento de distúrbios hemorrágicos raros
Prof. Doutor Edward Tuddenham, Royal Free Hospital, Londres, Reino Unido
08 Fev. 2019

Na sessão denominada “Rare bleeding disorders”, o Prof. Doutor Edward Tuddenham, do Royal Free Hospital, Londres, Reino Unido, abordou o potencial da terapia génica no tratamento de distúrbios hemorrágicos raros. Em entrevista ao My Hematologia, o especialista falou sobre a sua investigação na área da terapia génica, com o foco na hemofilia e nos distúrbios hemorrágicos mais raros. Veja o vídeo.

 

Abordagem terapêutica e outcomes em hemorragia intracraniana em doentes hemofílicos
Dr.ª Ana Costa, interna do 5.º ano da especialidade CHLN – Hospital Santa Maria
08 Fev. 2019

“25 years of intracranial haemorrhage in haemophilia: Risk factors, management and outcomes in a portuguese haemophilia center” foi o título do trabalho do Serviço de Imuno-Hemoterapia do CHLN – Hospital Santa Maria aceite no EAHAD 2019, apresentado ao My Hematologia pela Dr.ª Ana Costa. Assista ao vídeo.

 

25 anos de experiência na indução da tolerância imunológica
Dr.ª Cristina Catarino, Serviço de Imuno-Hemoterapia do CHLN – Hospital Santa Maria
08 Fev. 2019

A Dr.ª Cristina Catarino, do Serviço de Imuno-Hemoterapia do CHLN – Hospital Santa Maria, trouxe até ao EAHAD 2019 dois posters que refletem 25 anos de experiência deste centro, o tempo que trabalha neste Serviço, no tratamento e acompanhamento dos doentes hemofílicos que desenvolvem inibidores. Conheça em detalhe os trabalhos e os respetivos comentários, assistindo aos vídeos.

 

Newsletter

Hematologia e Oncologia, 24, dezembro 2018

Opinião

Transplantação de medula óssea e infeção por citomegalovírus
Prof. Doutor Manuel Abecasis, diretor do Departamento de Hematologia do IPO de Lisboa

PUB