Atualidade

A evidência diferenciadora de acalabrutinib no tratamento da leucemia linfocítica crónica

28 Nov. 2022

As guidelines da National Comprehensive Cancer Network (NCCN) posicionam “acalabrutinib como um fármaco preferencial no tratamento da leucemia linfocítica crónica (LLC), tanto em primeira linha, como em contexto de recaída/refratariedade (R/R)”, independentemente da “ausência ou da presença de del(17p)/mTP53”. A evidência clínica da utilização deste inibidor da tirosina cinase de Bruton (iBTK) esteve em discussão no simpósio “Da evidência à prática clínica com acalabrutinib: um olhar sobre o impacto na leucemia linfocítica crónica”, promovido pela AstraZeneca na Reunião Anual da Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), que decorreu de 10 a 12 de novembro, em Tróia.

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

Hematologia e Oncologia, 27, setembro 2019

Opinião

Transplantação de medula óssea e infeção por citomegalovírus
Prof. Doutor Manuel Abecasis, diretor do Departamento de Hematologia do IPO de Lisboa

PUB

Apoios

AbbVieAMGENAstellasBayerCSL BehringGilead

 

GSKJanssenMSDNovartis

 

PfizerRocheSanofiTakeda

Logo