Atualidade

Leucemia linfocítica crónica: Benefício do uso limitado no tempo de venetoclax-obinutuzumab ± ibrutinib em relação à quimio-imunoterapia

15 Jul. 2022

O ensaio clínico randomizado GAIA/CCL13, de fase 3, apresentou a análise interina da sobrevivência livre de progressão dos quatro braços que constituem este estudo randomizado: quimio-imunoterapia; venetoclax-rituximab; venetoclax-obinutuzumab; e venetoclax-obinutuzumab-ibrutinib. O estudo atingiu os dois endpoints co-primários, isto é, a taxa de doença residual mínima não detetável e a sobrevivência livre de progressão foram superiores para os braços venetoclax-obinutuzumab±ibrutinib em comparação com o braço de quimio-imunoterapia. Os resultados do estudo (LB2365) foram apresentados a 12 de junho, no congresso da EHA 2022.

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

Hematologia e Oncologia, 27, setembro 2019

Opinião

Transplantação de medula óssea e infeção por citomegalovírus
Prof. Doutor Manuel Abecasis, diretor do Departamento de Hematologia do IPO de Lisboa

PUB

Apoios

AbbVieAMGENBayerCSL BehringGileadJanssen

 

NovartisPfizerRocheSanofiTakeda

 

Logo