Entrevistas

Base de dados e registos de hemofilia: o caminho a seguir
Dr. Ramón Salvado, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
24 maio 2018

Um dos momentos altos do WFH Congress 2018 foi a apresentação do World Bleeding Disorders Registry (WBDR), uma plataforma que vai permitir a recolha de informação a nível global sobre os doentes hemofílicos, procurando melhorar a capacidade de diagnóstico e de tratamento. Em declarações à News Farma, o Dr. Ramón Salvado, do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, sublinha a importância desta recolha de informação para o tratamento da hemofilia.

Vertente médica e psicossocial do emicizumab
Dr. Robert Sidonio Jr.
23 maio 2018

O simpósio “Empowering Clinicians to achieve better outcomes: a change in direction in the managementof haemophilia A with inhibitors”, promovido pela Roche no dia 22 de maio, focou os resultados dos estudos em doentes adultos e pediátricos com doença hemofílica severa A, HAVEN 1 e HAVEN 2, respetivamente. No final, a News Farma conversou com o Dr. Robert Sidonio Jr., a quem coube moderar a sessão, e com o Dr. Guy Young, investigador do ensaio clínico HAVEN 2. Assista aos vídeos.

“A atual direção da SPH vai procurar incentivar a colaboração entre serviços e fomentar a formação e a diferenciação”
Dr.ª Aida Botelho de Sousa, presidente da SPH
07 maio 2018

Eleita em novembro do ano passado, por ocasião da Reunião Anual da Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), a Dr.ª Aida Botelho de Sousa, diretora do Serviço de Hematologia Clínica do Hospital dos Capuchos, assumiu, no início deste ano, o cargo de presidente da direção da SPH. Para o triénio 2017-2020, a nova direção da SPH já delineou o plano estratégico. A curto prazo, prepara-se para encontrar novas formas de promoção da formação dos seus associados, ao mesmo tempo que procura encontrar estímulos para o trabalho científico e a investigação na área da Hematologia, em Portugal.

Novos alvos terapêuticos em leucemia mieloide aguda: o impacto da midostaurina
Prof.ª Doutora Emília Cortesão, hematologista clínica do CHUC
05 Abr. 2018

Os novos alvos terapêuticos em leucemia mieloide aguda (LMA) foi o tema abordado pela Prof.ª Doutora Emília Cortesão, hematologista clínica do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), no âmbito da reunião “CML & AML Lab Expert Meeting”, promovida pela Novartis no dia 23 de março, em Coimbra. A especialista sintetiza os tópicos chave da sua apresentação em entrevista ao My Hematologia. Assista ao vídeo.

“O laboratório tem de dirigir a sua pesquisa molecular em função do que se passa com o doente”
Prof.ª Doutora Carmo Fonseca, presidente do iMM Lisboa
05 Abr. 2018

A Prof.ª Doutora Carmo Fonseca, presidente do Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa (iMM Lisboa), marcou presença na reunião “CML & AML Lab Expert Meeting”, promovida pela Novartis no dia 23 de março, em Coimbra. A especialista abordou as novas tecnologias laboratoriais que permitem olhar para alterações em múltiplos genes simultaneamente, focando a sua apresentação na leucemia mieloide aguda (LMA). Assista ao vídeo.

LMC: Fatores de seleção de doentes para a descontinuação de TKI com sucesso
Dr.ª Francesca Pierdomenico, Departamento de Hematologia do IPO-Lisboa
05 Abr. 2018

Rever os critérios de seleção de doentes com leucemia mieloide crónica (LMC) para descontinuação de tratamento com inibidores da tirosina cinase (TKI) foi o desafio lançado à Dr.ª Francesca Pierdomenico, do Departamento de Hematologia do IPO-Lisboa, na reunião “CML & AML Lab Expert Meeting”, promovida pela Novartis no dia 23 de março, em Coimbra. Assista ao vídeo da entrevista com a especialista.

EURO-SKI: IPO-Lisboa participa em estudo internacional sobre suspensão de tratamento com TKI em doentes com LMC em remissão
Prof.ª Doutora Joana Diamond, Unidade de Investigação em Patobiologia Molecular do IPO-Lisboa
05 Abr. 2018

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO-Lisboa) foi um dos 68 centros de 11 países que participam no European Stop TKI Study (EURO-SKI), que procurou estudar a hipótese de se suspender o tratamento com inibidores da tirosina cinase (TKI) quando os doentes com leucemia mieloide crónica (LMC) entram em fase de remissão. A Prof.ª Doutora Joana Diamond, da Unidade de Investigação em Patobiologia Molecular do IPO-Lisboa, partilha com o My Hematologia os resultados mais relevantes do ensaio clínico, no rescaldo da reunião “CML & AML Lab Expert Meeting”, promovida pela Novartis no dia 23 de março, em Coimbra. Assista ao vídeo.

LMC: monitorização da resposta molecular antes e após a remissão livre de tratamento
Dr. Nuno Cerveira, Serviço de Genética do IPO-Porto
05 Abr. 2018

No dia 23 de março, a Novartis promoveu a reunião “CML & AML Lab Expert Meeting”, em Coimbra, que juntou a comunidade médica e laboratorial para uma discussão multidisciplinar dos assuntos mais prementes na área das leucemias mieloides aguda e crónica. O Dr. Nuno Cerveira, do Serviço de Genética do Instituto Português de Oncologia do Porto (IPO-Porto) e chair da sessão, partilhou o seu conhecimento sobre a monitorização da resposta molecular em doentes com leucemia mieloide crónica (LMC) antes e após a remissão livre de tratamento na prática clínica. Assista ao vídeo da entrevista.

Evolução e revolução no tratamento do mieloma múltiplo: o papel do carfilzomib
Prof. Doutor Paulo Lúcio, diretor da Unidade de Hemato-Oncologia da Fundação Champalimaud
26 Mar. 2018

“Rumo a um admirável mundo novo - Evolução e revolução no tratamento do mieloma múltiplo” foi o mote do simpósio promovido pela Amgen, por ocasião 44.ª edição da Reunião Anual da European Society for Blood and Marrow Transplantation (EBMT), que decorreu em Lisboa de 18 a 21 de março. O Prof. Doutor Paulo Lúcio, diretor da Unidade de Hemato-Oncologia da Fundação Champalimaud, foi um dos palestrantes deste simpósio, tendo proferido uma comunicação subordinada ao tema “Improve survival outcomes after relapse - Applying recent findings”. Assista ao vídeo da entrevista com o especialista.

Prof. Doutor Andrew Davies
Prof. Doutor Andrew Davies
26 Fev. 2018

Por ocasião da ASH 2018 Review, organizada pela Roche, que decorreu entre 23 e 24 de fevereiro, o My Hematologia entrevistou o Prof. Doutor Andrew Davies sobre os dados recolhidos e analisados relativamente ao novo anticorpo monoclonal anti-CD20, recentemente aprovado para 1.ª linha de tratamento do linfoma folicular.

Newsletter

Hematologia e Oncologia, 19, setembro 2017

Opinião

Leucemia aguda linfoblástica na criança
Vítor Costa, assistente graduado de Pediatria com a subespecialidade de Oncologia Pediátrica

PUB